A única via política possível para o Brasil

O que muitos definem como “terceira via” nada mais é do que o único caminho político possível que poderia pôr fim a um ciclo político com certas dalliances populistas e personalistas, e que projetou uma sociedade polarizada em constante conflito.

O lulobolsonarismo brasileiro

A política brasileira sugere que a figura de Jair Bolsonaro é o resultado de práticas políticas e institucionais instituídas há anos no imaginário do exercício da democracia no país.

Danos antropológicos brasileiros

Um tipo de dano antropológico tem se revelado no Brasil nos últimos meses, pois uma estreita relação entre a pandemia e as particularidades da vida política diária tem progredido. Pode-se pensar que o vírus veio em um mau momento, que o país não estava totalmente adaptado no seu presidente.

Brasil, luzes e sombras de uma disputa anunciada

Por isso, a decisão estritamente racional de se abster, anular o voto ou votar em branco foi muito significativa. Foi uma tomada de decisão e uma escolha concreta da parte daqueles que se negaram a participar ou escolher entre os candidatos determinados pela conjuntura histórica e eleitoral do país.

O traço de união da política

Existem fundamentos claros sobre a atual sintonia histórica entre as figuras políticas de Lula, Cristina Kirchner e Mauricio Macri. Três figuras diferentes, ainda que conectadas –não sem paradoxos– por um presente que nos premia com lições suculentas.

Eleições depois de uma punhalada

Pensar com base em paradoxos pode nos ajudar a interpretar o presente. E o episódio da punhalada contra o candidato à presidência, Jair Bolsonaro, pode ser um bom exemplo. Bolsonaro não estava se saindo bem nas entrevistas e debates; ainda assim, nas redes sociais sua presença era inegável.

O Brasil e o fim de um ciclo político e estético

A prisão de Lula representa o fim de um ciclo político e cultural no Brasil, um processo histórico que começou há mais de meio século com o golpe de Estado. Horas antes de se render à justiça, o ex-presidente fez um discurso histórico, que parecia deslegitimar o “cenário de conflitos políticos e culturais” dos últimos 40 anos no Brasil.

Nossa Newsletter

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com