Nem tudo é sobre dinheiro

O debate criado em torno da relação entre o apoio dos eleitores de baixa renda ao governo Bolsonaro e o auxílio emergencial pode ser novo, mas ele reproduz uma velha leitura da academia, da imprensa, e do senso comum sobre o comportamento eleitoral dos mais pobres no Brasil.