Uma geração de argentinos com medo do futuro

A geração de argentinos com idades entre os 30 e os 50 anos recebeu uma herança pesada: instabilidade econômica, agitação política e flagrante corrupção. A combinação desses três elementos, por familiar que soe aos latino-americanos, é especialmente relevante na Argentina.

Nossa Newsletter