Fracassou o golpe, Peru segue instável

Acabou com um governo que se dizia de esquerda e pertencia a seu setor iliberal, bastante reacionário, o qual foi lucidamente representado por aquele personagem que elevou Castillo à candidatura presidencial: Vladimir Cerrón.

No Peru, a OEA ficou para trás

A OEA, após sua visita a Lima, emitiu um relatório sobre a situação peruana que, sobretudo devido a suas omissões, é complacente com o governo de Pedro Castillo.

Peru: à esquerda ou à direita?

Hoje o principal objetivo de Castillo é sobreviver, uma tarefa difícil na qual, com seis investigações abertas contra ele pelo Ministério Público, o dia a dia parece ser a única coisa importante.

Nossa Newsletter

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com