A regulação da maconha no México

Atualmente, o Congresso mexicano está discutindo um projeto para regulamentar a maconha para uso adulto que, se finalmente aprovado, poderia fazer daquele país o terceiro do mundo, depois do Uruguai e do Canadá, a criar um mercado legal para a maconha para uso adulto.

Novo regime mexicano?

O fato de que exista o governo López Obrador faz com que seus partidários e até mesmo muitos de seus críticos falem de um “novo regime”. Se encararmos com seriedade esses conceitos, e as distinções entre eles, a conclusão é outra. Façamos uma análise tão precisa, clara, breve e simples quanto possível.

O presidente López Obrador: primeira avaliação

Sua figura continua a estimular os exagerados por vocação e a alimentar o fanatismo político, a favor ou contra. Com o reforço amplificador das “redes sociais”, a discussão sobre o governo López Obrador está aprisionada, imóvel, venenosa: foi capturada pelo extremismo; sem que motivos ou razões importem

Da Venezuela ao México

Se Maduro conseguir consolidar seus vínculos com o exército e com uma burocracia ideológica, o risco é de que seus descendentes ainda estejam no poder, exaltando como façanha de resistência ao imperialismo uma mistura de pobreza distribuída equitativamente, partido único e bocas seladas.

México: drogas, proibição e legalização

O problema mexicano com o tráfico de drogas e a violência é conhecido internacionalmente. E as estatísticas relacionadas a isso ganham fama efêmera e são logo sucedidas por outras piores, como a seguinte: 16 mil homicídios no primeiro semestre de 2018. Os recordes que obteremos em 2019 serão piores, tenho certeza.

Um novo partido hegemônico no México?

Andrés Manuel López Obrador é o novo presidente do México. Chega ao posto com 53% dos votos e maiorias legislativas para seu partido, Morena. Sempre polarizador –às vezes vítima e às vezes beneficiário da polarização que ele mesmo provoca–, hoje há muita gente que o encara como cabeça de um projeto hegemônico.

Nossa Newsletter