Uma região, todas as vozes

Autocracia

Prelúdios de um inverno autoritário na América Latina?

As fraturas democráticas atuais não se manifestam mediante golpes militares ou fechamento abruptos de parlamentos. Enfrentamos rupturas institucionais sutis e progressivas, respaldadas por discursos populistas baseados na desinformação e amplificados pelas redes sociais.

América Central à deriva

A América Central enfrenta um cenário marcado pelo ataque às instituições democráticas e pela corrupção em um contexto marcado por problemas de longa data, como pobreza, violência e imigração, o que antecipa outro ano complexo de grande incerteza política.

As autocracias ‘influencers’ e seu assédio às democracias

Na atualidade, os regimes autoritários ajustam suas táticas de opressão e restrição da liberdade para se adequarem à era digital em seus esforços para minar as instituições democráticas e afetar o intercâmbio de ideias.

A incapacidade estatal ameaça a democracia na região

2022 foi o sexto ano consecutivo de retrocesso democrático. Esse declínio persistente levanta questões cruciais sobre a viabilidade e a sustentabilidade dos valores democráticos em escala global e os desafios enfrentados no cenário político atual.

Poderes judiciais sob ameaça

Nos últimos anos, muitos presidentes da região lançaram ataques contra instituições que não se alinham com sua órbita de poder, e o poder judiciário é uma delas.

Democracias híbridas e autocracias de audiências

A democracia de audiência é entendida como o modelo em que os partidos e as agendas de governo são relegados a segundo plano à medida que o candidato ganha relevância por sua estridência política.