A Terceira-mundialização da Política Americana

Quando Donald Trump surpreendeu ao vencer as eleições de 2016, o comediante sul-africano Trevor Noah disse que os Estados Unidos finalmente teriam um presidente africano, e eu acrescentaria latino-americano. Trump disse que se perder será por fraude e não se comprometeu a aceitar os resultados das eleições.

O retorno do MAS (e Evo Morales)

O curto verão do bloco anti-MAS na Bolívia durou quase um ano, já que o novo presidente eleito, Luis Arce Catacora (MAS), terá que prestar juramento nos próximos meses. O possível retorno de Evo Morales gera alegria para alguns e desconforto para outros, mas o triunfo de seu candidato é uma prova de seu sentido política.

América Latina e o desafio da recuperação econômica

Para a América Latina, a pandemia trará a pior crise socioeconômica dos últimos 100 anos. De acordo com o último estudo da Comissão Econômica para a América Latina (CEPAL), em 2020 a economia da região se contrairá em 9,1%, a renda per capita cairá para os níveis de 2010, o desemprego chegará a 13,5% e a pobreza chegará a 37,3%.

Vamos derrubar todas as estátuas!

Estátuas de personagens da era colonial foram vandalizadas em diferentes cidades da América Latina e dos Estados Unidos. No Equador, alguns manifestantes indígenas e outros que se chamam “hispanistas” encontraram na estátua de Isabel, a Católica, um espaço para debater a presença espanhola na América.

Argentina: Peronismos de todas as cores

Tanto foi escrito e dito sobre 17 de outubro de 1945 na Argentina como um mito fundador, uma dobradiça histórica e um divisor de águas, uma data icônica que é identificada como o nascimento do peronismo. Um componente vivo do relato histórico-política que começou há 75 anos e continua até os dias de hoje.

Política

Eleições em tempos de pandemia

Desde o início da pandemia, doze eleições e um plebiscito foram adiados na América Latina para preservar tanto a saúde dos cidadãos quanto as garantias dos processos. A região não foi a única a adiar a atividade eleitoral; mais de 70 países e jurisdições subnacionais decidiram adiar as eleições.

Lições latinas para as eleições nos EUA

Trump está aprendendo com de alguns dos líderes mais notórios da América Latina. Mas os líderes que comandaram suas nações como autoritários durante o século XX. América Latina se democratizou, deu maior ênfase ao Estado de Direito e – pelo menos em muitos países – procurou reduzir a desigualdade econômica.

Trump e escândalo andam de mãos dadas

Trump e escândalo andam de mãos dadas, mas será esta a última gota de tolerância para um líder tão inepto? Embora muitos nos Estados Unidos pensem assim, a história do autoritarismo e do fascismo nos mostra que é duvidoso que isso ocorra.

Economia

Acordo Mercosul-UE: por uma cláusula ambiental vinculativa

O que mudou desde a assinatura do acordo em 2019 para fazer emergir agora essas vozes de rejeição na UE? O fator-chave é a crise ambiental causada pelo governo Bolsonaro e seu apoio à agricultura brasileira, sua negação da mudança climática, suas ameaças de se retirar do Acordo de Paris e seu alinhamento com os EUA.

Corredor Bioceânico: caminho do Mato Grosso ao Pacífico

Passado quase um século, parece que o antagonismo entre Atlântico e Pacífico começa a ser superado por corredores rodoviários em regiões pouco desenvolvidas. O corredor rodoviário bioceânico é um projeto de integração física que conectará Porto Murtinho (Mato Grosso do Sul) com os portos do norte do Chile.

A crise permanece e a estabilidade é recriada

Actualmente, a opção continua a ser controlar a pandemia através de medidas de contenção social, o que afecta fortemente a economia. Face a este cenário, muitos países optaram por continuar a aplicar as medidas e esperar pela produção da vacina. É uma questão que está carregada de economia e política.

Sociedade

Fake News e pandemia

Coautora Fernanda Veggetti
A de 2020 não é a primeira pandemia que a humanidade viveu, e não será a última. Pelo menos é o que dizem os especialistas. O que é novo é que esta peste coincide com o maior período de interconectividade que temos experimentado como espécie.

O protesto social como uma marca indissolúvel da democracia

Um dos principais elementos da democracia é o conflito. O ser humano é conflituoso por natureza, não violento e democrático, através de partidos políticos, instituições e um elenco regulador de liberdades, garantias, direitos e deveres, canalizando os conflitos de forma institucionalizada. Entretanto, na Colômbia não é este o caso.

A pandemia e os argumentos para o sucesso do Uruguai

A América é o epicentro da pandemia. Mas há uma exceção: o Uruguai. Entretanto, os argumentos apresentados neste e em outros artigos, assim como pelo governo e pela oposição que disputam o reconhecimento, não explicam a realidade do país. As causas fundamentais do milagre podem ter pouco a ver com o mérito charrúa.