Os principais desafios para o México neste 2023

Este não será um ano fácil para o México, dada a complexa situação internacional e a dinâmica política para que o partido do presidente Andrés Manuel López Obrador chegue a um consenso a fim de eleger o candidato para sucedê-lo. O mundo está inquieto com a onda de más notícias que vai da guerra na Ucrânia ao aumento da inflação global; da crise energética ao colapso dos sistemas de segurança global; do confronto comercial entre o mundo ocidental e a China às pressões na cadeia de abastecimento; da deterioração da democracia ao aumento do populismo; e do protesto social ao enfraquecimento dos sistemas eleitorais. Não são poucos os desafios para o México, e isto se soma a um inverno duro e mortal.

Neste contexto, e como se fosse pouco, os líderes políticos, que devem se sentar para conversar e acordar estratégias de estabilização, devem enfrentar as dinâmicas internas de uma sociedade chamada a votar nas “maiores e mais complexas eleições disputadas” da história nacional, que serão realizadas no verão de 2024. Estes serão seus principais desafios.

A pandemia. Embora os efeitos da sexta onda não tenham se tornado um grave problema de saúde pública e a reintrodução de certas medidas de controle social como o confinamento ou distância saudável não tenham sido consideradas, a pandemia de COVID-19 está presente como uma ameaça global pelo comportamento do vírus entre a população chinesa. É uma questão de tempo até sabermos qual será seu impacto no México. Enquanto isso, as estatísticas nacionais mostram um aumento das infecções nas últimas semanas e, como nos anos anteriores, as festas de fim de ano incentivaram a multiplicação de casos.

A inflação. O processo inflacionário encontra-se em andamento no mundo e no México ficou em torno de 8% em 2022. Entretanto, não é isso que os preços do mercado varejista refletem, nem mesmo para produtos que vêm do campo ou dos mares mexicanos. Apesar disso, o presidente López Obrador tentou exorcizar o aumento, apontando “que não haverá declive de janeiro”, como se o comportamento da economia local fosse decidido no Palácio Nacional e não fizesse parte da dinâmica internacional.

A violência do crime organizado. Mesmo quando a segurança pública está nas mãos dos militares, os números seguem muito altos. No período entre 2018 e setembro de 2022 houve 112.250 homicídios, segundo nos dizem, e nesta equação, as mortes em 2022 representam uma redução de 10,3% em relação a 2021. Mas há um dado alarmante: o número de pessoas desaparecidas e não localizadas neste período supera 30.000. Só em 2022, calcula-se que foram quase 11.000, e se cruzarmos com o baixo número de pessoas localizadas, poderíamos concluir que a maioria delas estão enterradas em fossas clandestinas.  

A crise energética. O aumento dos preços dos combustíveis é, sem dúvida, um elemento inflacionário de primeira ordem. O problema é que os preços dos combustíveis são internacionais, salvo quando são subsidiados, o que significa uma realocação do gasto público. Ou seja, algum setor econômico ou social perde com a transferência de dinheiro de uma cesta para outra. Esta variável estará presente em 2023, levando em conta as eleições presidenciais de 2024, que, por razões políticas, são acompanhadas de uma relativa normalização da economia. No entanto, o orçamento federal compreende, para 2023, um aumento no preço da gasolina e seus derivados.

A seleção do candidato presidencial oficialista. A sucessão presidencial com sua parafernália de campanhas antecipadas estará presente ao longo deste ano. 2022 fechou com uma forte campanha de desprestígio contra o Instituto Nacional Eleitoral, uma série de reformas inconstitucionais para reduzir suas competências, estrutura e orçamento, e com os aspirantes oficialistas contornando as regras do jogo. A construção democrática de quatro décadas está em questão.

As eleições locais de 2022 no Estado do México e Coahuila serão um laboratório para o que vai acontecer em 2024. Há o precedente das eleições de 2021 quando o crime organizado interveio apoiando e retirando candidatos em vários estados. Isto repercutiu na representação política favorável ao partido Morena em 22 dos 32 estados da federação, enquanto a oposição dividida não conseguiu se apresentar como uma alternativa confiável de governo.

Os principais projetos do governo Obrador. O chamado governo da Quarta Transformação tem três grandes projetos que foram motivo de controvérsias constitucionais e midiáticas pelo impacto econômico e ambiental: o Aeroporto Santa Lucia na Cidade do México, a refinaria Dos Bocas em Tabasco e o Trem Maia na região sudeste.0

Depois de interromper a construção do aeroporto que estava em processo em Texcoco, que representou e representa uma perda multimilionária para as finanças públicas, o aeroporto, que foi promovido pelo presidente, foi inaugurado no verão passado. Esta obra, entretanto, está praticamente em desuso e o mandatário López Obrador busca, de última hora, projetá-la com o pouso dos aviões que trarão Joe Biden e Justin Trudeau quando chegarem à Cúpula da América do Norte.

A refinaria que vai contra a lógica do futuro do mercado mundial de energia, que está comprometida com a energia limpa, se encontra do mesmo modo. Embora tenha sido inaugurado, no final de 2022 não havia produzido um litro de gasolina, embora antes do final do ano o presidente tenha anunciado que até 2023 estaria produzindo 170.000 barris diários e que, desta forma, o país avançaria à chamada soberania energética.

Ao mesmo tempo, a construção de ferrovias na selva do sudeste do mexicano, que tem sido motivo de questionamento de grupos ambientais pelos danos que causam ao habitat de várias espécies. Na verdade, o Exército Zapatista de Libertação Nacional (EZLN) se pronunciou contra o projeto e ameaça combatê-lo.

Finalmente, a polarização política torna mais difícil a construção de acordos para manter políticas públicas a longo prazo, o que significa um ingrediente de instabilidade permanente em um cenário complicado para a governabilidade.

Nossa Newsletter

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com