A inflação, o programa do governo federal e a política monetária no México

Em julho de 2022, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) teve uma variação anualizada de 8,15%, a mais alta no México no século XXI. Os aumentos de produtos apresentam diferenças notáveis, tanto entre os preços com alta volatilidade quanto entre os que registram comportamentos sazonais ou dependem de medidas administrativas por conta dos governos, bem como para o resto dos bens e serviços. O aumento de produtos de diversos setores econômicos é uma característica dos processos inflacionários. Isto porque a capacidade de fixar preços de diferentes atividades econômicas é notavelmente diferente.

A inflação está presente em muitas economias. Nos Estados Unidos, o aumento anualizado foi de 8,5% em julho, enquanto na zona do euro o INPC teve um aumento anual de 8,6%. Isto porque o comércio entre economias o alimenta. O exemplo global mais notável é o comportamento dos preços de petróleo, gás, energia elétrica e gasolinas.

Os preços nestas atividades, com mercados futuros com grandes aplicações financeiras, registram aumentos notáveis que foram acentuados pela invasão da Rússia na Ucrânia. Os preços dos grãos básicos também tiveram altas acentuadamente, o que também está vinculado ao conflito bélico. Há outros fatores que tratam das condições de produção derivadas da pandemia e que seguem influenciando no aumento dos preços, como a produção e comercialização de semicondutores (microchips). Na América do Norte, este é um problema mais complexo devido ao agravamento das diferenças entre Estados Unidos e China.

No México, diante deste cenário complexo, foram tomadas medidas para enfrentar a inflação em duas frentes. Por um lado, há meses e considerando que o aumento do INPC é o resultado de aumentos de demanda que incluem excesso de crédito ou pelo menos um nível notavelmente inadequado da taxa de juros, o banco central vem elevando a taxa de juros interbancária da noite para o dia (taxa de referência).

Em dezembro, o Banco do México decidiu aumentar em 0,5% e posteriormente realizaram aumentos semelhantes. Em junho e agosto foi aplicado um aumento de 75 pontos-base em cada caso, deixando a taxa de referência em 8,5%. A Junta de Gobierno do banco central considera que esta ação de política monetária é essencial para assegurar que a trajetória da inflação convirja com a meta de 3% no primeiro trimestre de 2024.

O aumento da taxa de referência implica um aumento nas taxas de juros de títulos da dívida pública, como Certificados do Tesouro. Em novembro de 2021, o rendimento médio mensal dos Certificados de 28 dias era de 5,05%. Em março foi de 6,31%, em julho chegou a 7,76%, enquanto os CETES de 91 dias pagaram 8,53%.

As diversas atividades econômicas estão sendo afetadas de forma desigual e, como resultado destas medidas, muitas delas de forma negativa. Ademais, persiste o diferencial com a taxa de referência dos Estados Unidos, o que é uma razão para que os não-residentes mantenham suas participações em títulos de dívida no mercado do México.

O governo federal, numa direção diferente, decidiu executar em maio o Pacote contra a Inflação e a Carestia (PACIC), que considera a produção, distribuição e comércio exterior e outras medidas, e envolve setores empresariais e da sociedade. O governo federal estima suas contribuições em 1,4% do PIB. Inclui subsídios para os preços das gasolinas, eletricidade de uso doméstico e um conjunto de ações que buscam avançar na segurança alimentar. 

O núcleo da ação do governo inclui programas como Sembrando Vida e Producción para el Bienestar. Por exemplo, o Programa de Fertilizante implica a entrega para produtores com atividade agropecuária de pequena escala. As entidades federativas selecionadas são Chiapas, Guerrero, Morelos, Puebla e Tlaxcala, e os cultivos prioritários: milho, feijão, arroz e outros de alto impacto social ou econômico na região.

O governo apoia a manutenção de tarifas e pedágios e tem realizado melhorias na administração de alfândegas e portos marítimos, e eliminado temporariamente tarifas sobre importações de produtos básicos e insumos estratégicos. Também foi formado, em conjunto com produtores e comerciantes, um grupo de 24 produtos que fazem parte da cesta básica para que tivessem aumentos menores.

Em julho, durante a apresentação da avaliação do programa, o secretário da Fazenda, Rogelio Ramírez de la O, sustentou que sua execução evitou uma inflação maior, que segundo suas estimativas teria sido acima de 10%. Os resultados no aumento da produção de grãos básicos, assim como na produção de gasolinas e na gestão diferente da geração de eletricidade, não serão alcançados no ano em curso.

Por outro lado, os maiores aumentos têm sido em produtos agropecuários (16,05%) e em alimentos, bebidas e tabaco (12,09%). Entre os menores aumentos estão energia e tarifas autorizadas pelo governo, com 4,76%; e moradia e educação (taxas escolares), com 4,9%.

Os preços da energia implicaram um aumento menor do INPC. No entanto, a estratégia aplicada pelo governo federal não teve um resultado semelhante nos preços dos alimentos. Também não observa-se outras ações do governo federal que permitam diminuir as tensões inflacionárias de imediato. Ademais, o investimento continua estagnado e as medidas tomadas pelo banco central não geraram condições para que o desempenho se modifique. 

Finalmente, embora alguns setores sigam recebendo transferências do governo, as negociações salariais estão tendo aumentos equivalentes ou inferiores ao aumento do INPC e não há novos projetos de investimento que modifiquem favoravelmente as condições de emprego e de remuneração. Para a maior parte da população, nenhuma boa notícia é esperada a curto prazo.

Nossa Newsletter

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com